Unhas estragadas – Como interpretar o seu aspeto

[Total: 0    Average: 0/5]
Umas unhas bonitas e bem cuidadas podem revelar o estado de saúde das pessoas. Quando as nossas unhas começam a revelar pequenas manchas esbranquiçadas não devemos ficar muito preocupados pois isso pode significar apenas que passámos por algum pequeno trauma, como por exemplo alguma batida ou algo semelhante que possa ter originado o crescimento da unha com essa pequena mancha. Se a unha estiver a crescer com uma mancha maior, a preocupação deverá ser maior pois isso poderá dever-se à falta de zinco no organismo.

Se anda a tomar algum tipo de antibiótico e as suas unhas estão a crescer com um aspeto amarelado, não se preocupe pois isso é perfeitamente normal. Quem, normalmente, também apresenta umas unhas estragadas e amareladas, são os fumadores ativos. Caso as suas unhas tenham um aspeto arroxeado, isso poderá dever-se a algum trauma, micose ou qualquer outro tipo de infeção.

As pessoas que têm unhas fracas, quebradiças ou a descamar, é porque certamente sofrem de falta de proteínas e vitaminas no organismo. Quando surge uma verruga em redor das unhas, estas deverão ser examinadas por um médico e normalmente deverão ser retiradas em cirurgia.

Muitas são as pessoas que se queixam de unhas deformadas, a isso chama-se Onicosquizia. Normalmente as unhas nascem deformadas pelo seu uso excessivo no trabalho ou por traumas causados na base da unha. Quando as unhas apresentarem linhas, isso poderá significar falta de vitaminas proteicas mas se por outro lado, tem as unhas pálidas e essa palidez for mais acentuada na matriz da unha, isso poderá indiciar uma doença autoimune, como por exemplo, o Lúpus. Caso as suas unhas estejam fracas, isso poderá representar falta de vitaminas e sais minerais como ferro e cálcio. As unhas encravadas podem significar alterações anatómicas ou corte errado da unha.

Muitos são os indícios que as nossas unhas transmitem e através delas podemos antecipar e prevenir problemas bem mais graves, deste modo, há que estar sempre atento ao aspeto delas e assim evitar doenças mais complicadas.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*